São Paulo, 17 de Junho de 2019.

"Dinheiro é uma coisa muito útil de se ter. Na verdade, quanto mais você ganha, menos parece que você toca." (Charlie Watts, Rolling Stones)
lll Agenda de Shows
lll Agenda de Shows Cover
lll Álbum de Fotos
lll Baladas Rock 'n Roll
lll Banda da Semana
lll Bandas
lll Bandas Independentes
lll Casas de Shows
lll Colaboradores
lll Colunas & Artigos
lll Direto da Redação
lll Discografia
lll Entrevistas
lll Fale Conosco
lll Lançamentos
lll Letras de músicas
lll Livros
lll MEU ROCK IN SAMPA
lll Meus Dados
lll Promoções
lll Rádios Rock de SP
lll Reviews CD's
lll Reviews Shows




ASSINE ROCK IN SAMPA




lll Login..............

Email:

Senha:



Ache e compre seu CD aqui:



Bandas / Artistas





Elvis Presley, por Marcelo Pinto

Nascido no dia 8 de janeiro de 1935, em Tupelo, Mississipi, Elvis Aaron Presley cresceu numa família religiosa e começou a cantar desde criança nos corais das igrejas. Aos oito anos de idade venceu seu primeiro concurso de calouros e três anos depois já aprendia os primeiros acordes de guitarra.

Em 1948, sua família muda-se para Memphis e Elvis trabalha em várias lugares, de porteiro de cinema até motorista de caminhão. Em 1953, visita o Memphis Recording Service, um selo da Sun Records, e grava duas músicas para presentar sua mãe. Eram elas “My Happiness” e “That’s When Your Heartaches Begin”. O desempenho do cantor atraiu a atenção da gravadora e ele é contratado como músico de estúdio.

No ano seguinte, gravou o primeiro compacto com fins comerciais e começou a chamar a atenção da mídia com o seu potencial. O empresário Tom Parker levou Elvis para a ‘major’ RCA onde gravou seu primeiro grande sucesso, o EP “Heartbreak Hotel”. O disco entra no topo da parada da Billboard e após uma apresentação no programa de TV de Ed Sullivan, Elvis já era o novo herói americano.

Enquanto os mais velhos e conservadores se chocavam com a maneira ousada e indecente do cantor dançar, os mais jovens viam nele o símbolo de rebeldia, de libertação. Os ‘hits’ vieram um atrás do outro: “Blue Suedes Shoes”, “Hound Dog”, “All Shook up”, “Don’t Be Cruel”, assim corno os primeiros filmes – “Love me Tender”, “Loving You”, “Jailhouse Rock”, “King Creole”.

Em 1958, foi convocado e passou dois anos no Exército, onde conheceu sua futura esposa, Priscilla Beaulieu. Durante os próximos sete anos, Elvis trabalhou apenas como ator, estrelando filmes como “Flaming Star”, “Foolow That Dream”, “Wild in the Country”.

Em 1967, casou-se com Priscilla e, no ano seguinte, nasceu sua filha Lisa Marie. O cantor decide então que é hora de voltar aos palcos e, mesmo com as músicas mais lentas e românticas do que as que fazia no início de carreira, os shows de Elvis Presley continuam a ser disputadíssimos.

Uma bem sucedida temporada no Hotel Internacional de Las Vegas, em 1969, preparou-o para grandes excursões por todo os Estados Unidos. No início da década de 70, foram lançados os documentários “Elvis: Thats the Way it ls” e “Elvis on Tour”, e o famoso especial de TV, que também virou disco, “Elvis: Aloha from Hawaii via Satélite”.

O divórcio com Priscilla acontece em 1973 e o Rei viveu os três anos seguintes com a Miss Tennessee, Linda Thompson. Nessa época, Elvis teve vários problemas de saúde e excesso de peso, sendo hospitalizado mais de cinco vezes em quatro anos. Uma cirurgia para correção de um glaucoma secundário resultou em cegueira parcial, tornando-o dependente de vários remédios. Seu estado de saúde piorava a cada dia diante de todos mas ele se recusa a parar de cantar.

Anuncia seu terceiro casamento, desta vez com a Miss Memphis, Ginger Alden, em dezembro de 1977. Porém, foi encontrado inconsciente e levado ao hospital em 16 de Agosto do mesmo ano. Horas depois, Elvis Presley foi declarado morto, vitíma de um ataque cardíaco. A necrópsia revelou a ingestão de onze drogas (entre elas morfina, valium e valmid), que causaram arritmia cardíaca no cantor. Elvis foi enterrado em Memphis mas por questões de segurança, a família transferiu seu caixão para Graceland, em 1982.

É impossível avaliarmos a importância de Elvis Presley na música (especificamente no Rock) e o impacto que ele causou em toda uma geração. Suas roupas, seu topete, sua atitude, sua rebeldia, sua forma de dançar, suas músicas, seus filmes, ou seja, tudo em Elvis Presley fascina e é por isso que ele é conhecido até hoje como “Rei”.
Fonte: http://territorio.terra.com.br

Envie atualizações sobre Elvis Presley:
Seu Nome:
Seu Email:
Informação:

Melhor visualizado com Mozilla Firefox > 1.0 ou I.E > 6.0 em 800x600.
RockInSampa.com.br - Todos os direitos reservados. A RockInSampa é uma publicação da Editora e Produtora Virtual.