São Paulo, 22 de Maio de 2019.

"Dinheiro é uma coisa muito útil de se ter. Na verdade, quanto mais você ganha, menos parece que você toca." (Charlie Watts, Rolling Stones)
lll Agenda de Shows
lll Agenda de Shows Cover
lll Álbum de Fotos
lll Baladas Rock 'n Roll
lll Banda da Semana
lll Bandas
lll Bandas Independentes
lll Casas de Shows
lll Colaboradores
lll Colunas & Artigos
lll Direto da Redação
lll Discografia
lll Entrevistas
lll Fale Conosco
lll Lançamentos
lll Letras de músicas
lll Livros
lll MEU ROCK IN SAMPA
lll Meus Dados
lll Promoções
lll Rádios Rock de SP
lll Reviews CD's
lll Reviews Shows




ASSINE ROCK IN SAMPA




lll Login..............

Email:

Senha:



Ache e compre seu CD aqui:



Bandas / Artistas





Grand Funk Railroad, por Marcelo Pinto

A banda não era lá essas coisas e no ano seguinte foram descobertos por Terry Knight, um DJ que acabou tornando-se vocalista e produtor do, agora, Terry Knight & the Pack, o novo nome. O produtor consegue um contrato com o selo Cameo Park Way, onde lançam dois LPs fracos. Em 68, Terry resolve sair da banda, que continua fazendo pequenos shows em clubes e colégios.

Em 69, Terry volta à banda que, com Mel Schacher no baixo, passa a se chamar Grand Funk Railroad, nome tirado da linha ferroviária que passava na região. Terry agora é produtor e coreógrafo (?) da banda, a estréia ocorre em junho deste ano no Atlanta Pop Festival, onde tocam para um público de 180.000 pessoas. É um show gratuito e o Grand Funk rouba a cena com sua música pesada.

Ainda em 69 é lançado o 1º LP "On Time" que, de cara, se torna um grande sucesso (ganhando dico de ouro), e o 2º LP "Grand Funk", um de seus melhores LPs. E na virada do ano é lançado "Closer to Home" que, apesar da falta de apoio da crítica, é outro sucesso. Os shows são sempre com a casa lotada e a fama só aumenta. Em 70 é lançado o primeiro ao vivo "Live Album", um album duplo. No ano seguinte lotam o Shea Stadiun em Nova Yorque, lançam mais outro disco e Terry percebe que estão contratando outro produtor em seu lugar, é John Eastman.

O ano é 72 e Terry move uma ação contra a banda, ainda neste ano sai o "Phoenix". A crítica porém só vai elogiaiar o próximo LP: "We're an American Band". Os próximos LPs da banda saem com um tom mais soul e menos pesado. Em 75 voltam ao som pesado, mudam de produtor (Cavaliere), mas o resultado não é nada agradável.

Em 76 gravam o "Good singin' good playin'", produzido por Frank Zappa. Mas apesar desse bom LP, a banda resolve encerrar suas atividades. Em 80 Cavaliere consegue reunir novamente a banda e lançam mais 2 LPs, com novo integrante, Dennis Bellinger no baixo.
Participam também da trilha de Heavy Metal - Universo em Fantasia.

Em 2000, além de um tributo, lançado pela Record Heaven, o grupo planejou uma nova turnê até 2001 trazendo além dos veteranos Don Brewer, que também assumirá os vocais, e Mel Schacher, o reforço de Bruce kulick, Max Carl e Tim Cashion.
Fonte: http://territorio.terra.com.br

Envie atualizações sobre Grand Funk Railroad:
Seu Nome:
Seu Email:
Informação:

Melhor visualizado com Mozilla Firefox > 1.0 ou I.E > 6.0 em 800x600.
RockInSampa.com.br - Todos os direitos reservados. A RockInSampa é uma publicação da Editora e Produtora Virtual.