São Paulo, 22 de Maio de 2019.

"Dinheiro é uma coisa muito útil de se ter. Na verdade, quanto mais você ganha, menos parece que você toca." (Charlie Watts, Rolling Stones)
lll Agenda de Shows
lll Agenda de Shows Cover
lll Álbum de Fotos
lll Baladas Rock 'n Roll
lll Banda da Semana
lll Bandas
lll Bandas Independentes
lll Casas de Shows
lll Colaboradores
lll Colunas & Artigos
lll Direto da Redação
lll Discografia
lll Entrevistas
lll Fale Conosco
lll Lançamentos
lll Letras de músicas
lll Livros
lll MEU ROCK IN SAMPA
lll Meus Dados
lll Promoções
lll Rádios Rock de SP
lll Reviews CD's
lll Reviews Shows




ASSINE ROCK IN SAMPA




lll Login..............

Email:

Senha:



Ache e compre seu CD aqui:



Bandas / Artistas





Smiths, por Marcelo Pinto

Formada no ano de 1982, em Manchester, por Patrick Morrissey (vocais), Johnny Marr (guitarras), Andy Rourke (baixo) e Mike Joyce (bateria), a banda começa a se apresentar nos clubes locais, gravando alguns singles e ganhando uma certa repercussão na mídia.

Lançam, em 1984, o álbum de estréia auto-intitulado que, impulsionado pelo hit “This Charming Man”, alcança o segundo lugar na parada britânica. Ainda no mesmo ano, saiu “Hatful of Hollow”, uma compilação de faixas editadas nos EP’s, em sessões para a rádio BBC, entre outras.

O segundo trabalho, “Meat is Murder”, de 1985, entrou direto no topo da lista dos discos mais vendidos da Inglaterra. O álbum teve alguns destaques como “Well I Wonder” e “What She Said”, além da faixa “How Soon is Now”, considerada por muitos como uma das melhores de toda a carreira do grupo.No ano seguinte, “The Queen is Dead” chegava às lojas e mostrava um The Smiths ainda mais agresivo, com Morrissey caprichando nos ataques à família real.

As faixas “I know It’s Over” e “Never Had No One Ever”, ficaram conhecidas devido ao clima extremamente depressivo que possuíam, mas as que se tornaram grandes hits foram “The Boy With the Thorn in His Side” e “Bigmouth Strikes Again”.
Duas coletâneas foram lançadas em 1987, “The World Won’t Listen” e “Louder Than Bombs”.

O último álbum inédito de estúdio do grupo, “Strangeways, Here We Come”, sairia ainda nesse mesmo ano. Marcando o fim do grupo, por problemas pessoais dos integrantes, o disco consagrou o The Smiths como uma dos mais importantes nomes da história do Rock.

A gravadora, no entanto, ainda lançou o ao vivo “Rank”, em 1988, gravado em Londres dois anos antes e mais três coletâneas: “The Best Vol 1” e “The Best Vol 2”, em 1992 e ainda uma de singles, em 1995.

O vocalista Morrissey ainda partiu em carreira solo, conseguindo uma boa receptividade por parte dos críticos e dos antigos fãs do The Smiths.
Fonte: http://territorio.terra.com.br

Envie atualizações sobre Smiths:
Seu Nome:
Seu Email:
Informação:

Melhor visualizado com Mozilla Firefox > 1.0 ou I.E > 6.0 em 800x600.
RockInSampa.com.br - Todos os direitos reservados. A RockInSampa é uma publicação da Editora e Produtora Virtual.