São Paulo, 16 de Janeiro de 2019.

"Dinheiro é uma coisa muito útil de se ter. Na verdade, quanto mais você ganha, menos parece que você toca." (Charlie Watts, Rolling Stones)
lll Agenda de Shows
lll Agenda de Shows Cover
lll Álbum de Fotos
lll Baladas Rock 'n Roll
lll Banda da Semana
lll Bandas
lll Bandas Independentes
lll Casas de Shows
lll Colaboradores
lll Colunas & Artigos
lll Direto da Redação
lll Discografia
lll Entrevistas
lll Fale Conosco
lll Lançamentos
lll Letras de músicas
lll Livros
lll MEU ROCK IN SAMPA
lll Meus Dados
lll Promoções
lll Rádios Rock de SP
lll Reviews CD's
lll Reviews Shows




ASSINE ROCK IN SAMPA




lll Login..............

Email:

Senha:



Ache e compre seu CD aqui:




Bruce Dickinson - Tyranny of Souls, 2005
Avaliação do Stork, colaborador do Rock in Sampa:
Avaliação dos ouvintes:
Por: Stork

O sr. "Born in 58" está de volta com seu novo trabalho solo, com o título de "Tyranny of Souls", depois de 7 longos anos de espera dos fãs e longe da carreira solo, o álbum é carregado de 'riffs' pesados, com cara de speed metal, todos feitos por 'Roy Z', antigo e conhecido parceiro de Bruce, que também já participou de um dos álbuns do vocalista; o tão conhecido "Balls to Picasso" de 1994, mas isso foi passado. Não acho que Tyranny of Souls seja um bom álbum para quem não conheça a longa jornada de Bruce Bruce; mas com certeza vale a pena, para os fãs do estilo, cada centavo gasto em sua aquisição. Não deixa a desejar na produção e nos arranjos, também feitos por 'Roy Z'. O álbum começa com "Mars within", uma (intro.) que soa como uma continuação do último álbum, "Chemical Wedding". Embalando com solos precisos e dedilhados ágeis, a próxima faixa, Abduction, instiga aos mais antigos fãs e é apenas a ponta do 'iceberg'.
Bem, a dupla Bruce e Roy Z conseguiu reunir em um álbum a força do Heavy Metal e a versatilidade de saber dar mais 'feeling' ao estilo sem perder a essência.
Destaques para faixas como: "Kill Devil Hill", o hino do álbum sem dúvida! Dá até pra imaginar em um show, aqui no Brasil é claro, o público cantando em uma só voz esse refrão, também a canção "Navigate The Seas of the Sun", há tempos não ouvia uma canção tão inspirada de Bruce. Believil, essa com uma melodia de voz bem marcante... Os refrões ficam grudados na cabeça. É um disco daqueles que você ouve e sai cantando onde quer que você vá... Long live for Bruce!!!


1. Mars Within (Intro)

2. Abduction

3. Soul Intruders

4. Kill Devil Hill

5. Navigate the Seas of the Sun

6. River of no Return

7. Power of the Sun

8. Devil on a Hog

9. Believil

10. A Tyranny of Souls


Ver a discografia completa de Bruce Dickinson
Veja e deixe sua opinião sobre esse CD

Melhor visualizado com Mozilla Firefox > 1.0 ou I.E > 6.0 em 800x600.
RockInSampa.com.br - Todos os direitos reservados. A RockInSampa é uma publicação da Editora e Produtora Virtual.