São Paulo, 23 de Maio de 2019.

"Dinheiro é uma coisa muito útil de se ter. Na verdade, quanto mais você ganha, menos parece que você toca." (Charlie Watts, Rolling Stones)
lll Agenda de Shows
lll Agenda de Shows Cover
lll Álbum de Fotos
lll Baladas Rock 'n Roll
lll Banda da Semana
lll Bandas
lll Bandas Independentes
lll Casas de Shows
lll Colaboradores
lll Colunas & Artigos
lll Direto da Redação
lll Discografia
lll Entrevistas
lll Fale Conosco
lll Lançamentos
lll Letras de músicas
lll Livros
lll MEU ROCK IN SAMPA
lll Meus Dados
lll Promoções
lll Rádios Rock de SP
lll Reviews CD's
lll Reviews Shows




ASSINE ROCK IN SAMPA




lll Login..............

Email:

Senha:



Ache e compre seu CD aqui:



:: Colunas & Artigos

Lição de moral do Papai Noel, por Eduardo Moura


Hoje eu sou um servo fiel aos Deuses do Metal e as princesas do Hard Rock, mas nem semrpe foi assim. Aproveito a época natalina pra me lembrar daquela noite de natal que mudou minha vida e meu gosto musical. para isso, vamos combinar que escreverei Papai Noel tantas vezes, que vou substituir por PN. Ai começa minha saga natalina.

Papai Noel, aquele barbudo... Me deu um trabalho desgraçado pra escrever a carta a mão, já que na Lapônia não tem internet, me fez gastar dinheiro com a postagem, e vocês nem imaginam a trabalheira que deu pra descobrir o cep do desgraçado. Vencidas todas as dificuldades, enviei minha cartinha. Feliz e contente, crente que em alguns dias chegaria meu dvd do Marcelo D2, acútico "M"TV... esperei ansiosamente... até a meia-noite, do dia 24, quando recebo... uma carta. Sim senhoras e senhores, uma carta, daquele velho sacripanta barbudo das roupas vermelhas, e sabem o que estava escrito?

"In english please.
c.u.
Santa Claus"

Essa carta natalina despertou todo meu ódio, resolvi que teria meu dvd do gênio da música brasileira, e ótimo exemplo para os adolescentes, Marcelo d2. Fiz minha mochilinha, me despedi da minha mãe, e rumei à lapônia. Foi uma viagem longa, e não aconselho vocês a fazerem isso se usarem a classe econômica da Varig. Chegando lá, com uma certa fome devido a grande distância, a primeira coisa que procurei foi um McDonald's ou qualquer coisa do gênero. Na verdade passadas várias esquinas eu só via agência dos correios, igreja universal, Bradesco e Boticário, com a fome nesse estado, qualquer geladeira já me apetecia, mas lembrei que na lapônia, a geladeira era o lugar mais quente do país.
Nesse ponto que decidi ignorar a fome e procurar a casa do PN, afinal nada maior do que a fome por cultura, que o meu acústico "M"TV saciaria. Não foi muito dificil encontrar a residencia do cara, não são todos os laponianos que guardam renas na garagem. Devo cometer a gafe jornalistica (uma a mais, uma a menos), e revelar-lhes o lado narcisista do PN, acreditam que ele tem pisca-piscas com a própria cara estampada?
Burlei a segurança, que não foi dificil em se tratando de duendes, toquei a campainha, e esperei. Esperei. Esperei. Melhor tocar de novo. Esperei. Esperei, e quando estava pronto para tocar novamente, ele me abre a porta.
Lá estava eu, cheio de fome, vestindo meu casaquinho de lã, na porta do PN, e olhando pra mim estava ninguém mais, ninguém menos que... Um coroa barbudo de ceroulas vermelhas com um pote de frangos fritos e um boné dos Yankees. Segue abaixo a tradução do nosso diálogo, porém com os devidos motherfucker retirados.
- Então, você é o senhor Noel?
- Não, sou a fada dos dentes.
- Olha aqui, é bom não bancar o engraçadinho, você conseguiu me irritar quando não me presenteou esse ano!
- E porque eu não te presenteei? Ou você foi um mau menino, ou pediu algo absurdamente estúpido.
- Não fale assim do meu herói!
- Espera, espera, você não foi aquele imbecil que pediu um dvd do D2, foi?
- Se você continuar eu vou esquecer todo o meu espírito natalino hein!
- Você devia é agradecer. Eu vou te ser sincero, não gosto do rapaz, mas como nunca fui santo (a salvo em alguns lugares que insistem em me chamar de Santa), eu decidi passar na Lojas Americanas e comprar o bendito dvd pra você, mas pra sua sorte já estava esgotado. Então te mandei uma carta que deveria ter chegado antes, mas todos sabemos que os correios do seu país não são o melhor serviço né! Vide CPI. Como você não respondeu, eu me dei bem, e não te dei nada.
- E.. E... - eu disse com a voz embargada - você não tem um dvd pra mim?
- Desculpa filho! Se você quiser eu tenho aqui o Animalize do Kiss, live uncensored..
- Não!
- Se você prefere música nacional, eu tenho um Lp do Secos & Molhados...
- Não!
- Ah eh? Então quer saber? Vai a m*rda, você e esse dvd. Eu te ofereci música de verdade, e você só quer ouvir esse escroto de Marcelo Dm*erda? Ano que vem eu vou te dar de natal um cd da Sandy & Júnior.
- Desculpa Sr. Noel...
- Desculpa é o cac*te rapazinho! Você tem um ano pra aprender o que é música hein!

E foi ai que descobri o que era música mesmo e me livrei pra sempre do fado do pop! Desliguem o som e vão ouvir Papai Noel, ele sabe o que fala! Hou Hou Hou...

ps: O difícil não foi nem inventar essa história, e sim descobrir como se escreve Lapônia. Segundo a Wikipédia é acentuado mesmo.
ps²: Este pobre pseudo-escritor sairá em pseudo-férias para uma pseudo-cidade distante em janeiro. Porém, tentará sempre que possível atualizar a coluna.
ps³: Feliz ano novo para todos vocês, com muita comida, dinheiro, e Rock n' Roll

Comente

Melhor visualizado com Mozilla Firefox > 1.0 ou I.E > 6.0 em 800x600.
RockInSampa.com.br - Todos os direitos reservados. A RockInSampa é uma publicação da Editora e Produtora Virtual.