São Paulo, 16 de Janeiro de 2019.

"Dinheiro é uma coisa muito útil de se ter. Na verdade, quanto mais você ganha, menos parece que você toca." (Charlie Watts, Rolling Stones)
lll Agenda de Shows
lll Agenda de Shows Cover
lll Álbum de Fotos
lll Baladas Rock 'n Roll
lll Banda da Semana
lll Bandas
lll Bandas Independentes
lll Casas de Shows
lll Colaboradores
lll Colunas & Artigos
lll Direto da Redação
lll Discografia
lll Entrevistas
lll Fale Conosco
lll Lançamentos
lll Letras de músicas
lll Livros
lll MEU ROCK IN SAMPA
lll Meus Dados
lll Promoções
lll Rádios Rock de SP
lll Reviews CD's
lll Reviews Shows




ASSINE ROCK IN SAMPA




lll Login..............

Email:

Senha:



Ache e compre seu CD aqui:



:: Os Melhores Livros

Jim Hutton - Freddie Mercury, 2005

A Editora Lira Apresenta Freddie Mercury por Jim Hutton.

Freddie Mercury por Jim Hutton
256 páginas
ISBN 858843415-6
R$35,00
Edição: Elaine de Almeida Gomes
Lira Editora (011) 6996 6694

Os últimos anos de Freddie Mercury, contados por Jim Hutton, seu parceiro.
Relatado com simplicidade e sem meias palavras, o livro desvenda o universo íntimo do cantor, os bastidores do Queen e a paixão de um homem simples por um grande, reluzente e ofuscante astro do Rock.

Freddie Mercury nasceu Farokh Bulsara, em 5 de setembro de 1946 em Zanzibar. Estudou numa escola britânica na Índia, onde os colegas começaram a chamá-lo de Freddie. Em 1964, com a independência de Zanzibar e conflitos políticos, a família mudou-se para a Inglaterra, onde Freddie graduou-se em Ilustração Gráfica na Faculdade de Arte de Ealing.

Ainda na faculdade, conheceu Tim Staffell seu colega de classe, que era baixista do grupo Smile, do qual faziam parte Brian May e Roger Taylor.

Freddie começou a se envolver com o Smile, mas também com outros projetos musicais e outras bandas. Em 1970, Staffell deixou o Smile, abrindo espaço para que Freddie assumisse os vocais, mudasse nome da banda para Queen e adotasse o sobrenome artístico Mercury. John Deacon foi o último a chegar.

Daí em diante de qualquer maneira, o vento soprou, não importando realmente, pois foi fácil, eles tinham amigos em quem confiar!

Quanto a nós, fãs da realeza do rock resta o conselho de que enquanto o sol estiver no céu, e o deserto tiver areia; enquanto as ondas quebrarem no oceano e encontrarem a terra; enquanto houver vento, estrelas e o arco-íris, oh sim, nós continuaremos lembrando, ouvindo, admirando e amando aquele que lutou até o fim e enfrentou tudo com um sorriso, pois sabia que era o campeão.

Afinal, o show deve continuar.






Melhor visualizado com Mozilla Firefox > 1.0 ou I.E > 6.0 em 800x600.
RockInSampa.com.br - Todos os direitos reservados. A RockInSampa é uma publicação da Editora e Produtora Virtual.