São Paulo, 12 de Dezembro de 2018.

"Dinheiro é uma coisa muito útil de se ter. Na verdade, quanto mais você ganha, menos parece que você toca." (Charlie Watts, Rolling Stones)
lll Agenda de Shows
lll Agenda de Shows Cover
lll Álbum de Fotos
lll Baladas Rock 'n Roll
lll Banda da Semana
lll Bandas
lll Bandas Independentes
lll Casas de Shows
lll Colaboradores
lll Colunas & Artigos
lll Direto da Redação
lll Discografia
lll Entrevistas
lll Fale Conosco
lll Lançamentos
lll Letras de músicas
lll Livros
lll MEU ROCK IN SAMPA
lll Meus Dados
lll Promoções
lll Rádios Rock de SP
lll Reviews CD's
lll Reviews Shows




ASSINE ROCK IN SAMPA




lll Login..............

Email:

Senha:



Ache e compre seu CD aqui:



Direto da Redação
Roger Waters apresenta "The Dark Side of the Moon" na Argentina, 20/03/2007

Por: Marcelo Pinto

da Ansa, em Buenos Aires

O músico britânico Roger Waters, ex-líder da banda Pink Floyd, fez shows nesse fim de semana na Argentina, que fazem parte da sua turnê pela América Latina, que se estenderá para o Brasil e em que se destacam as mensagens anti-bélicas, voltadas principalmente para o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush.

Os milhares de fãs que assistiram aos shows no sábado e domingo viram o músico recriar completamente o mítico disco do Pink Floyd "The Dark Side of the Moon". A performance do baixista e compositor do cultuado grupo de rock progressivo, no estádio do River Plate, foi dividida em duas partes.

AP

Roger Waters, ex-líder do Pink Floyd, toca em SP e Rio neste mês
Na primeira, Waters tocou algumas canções dos álbuns "The Wall", "Wish You Were Here" e algumas do seu trabalho solo nos anos 90 como "Perfect Sense". A seleção de músicas incluiu clássicos como "In the Flesh" e "Mother", os anti-belicistas "Southampton Dock" e "The Fletcher Memorial Home", que foram acompanhadas com imagens da Guerra das Malvinas (1982), como a da ex-primeira ministra britânica Margaret Thatcher, o ex-presidente norte-americano Ronald Reagan e o ex-presidente da ditadura argentina (1976-1983) Leopoldo Galtieri.

Ostentivos jogos de luzes iluminavam o mítico porco voador em que foram pintadas frases como "Acabem com Bush antes que ele mate todos nós", "(Jorge) Videla, Galtieri, Thatcher e Bush nos dão asco" e "O muro constrói medos". Enquanfo o porco flutuava, o público ouviu a música "Sheep", que finalizou a primeira parte do espetáculo.

Na segunda parte, Waters e a sua banda executaram na ordem as canções do álbum "The Dark Side of the Moon", em que se destacaram "Breathe", "Time", "The Great Gig on the Sky" e "Money".

O show foi encerrado com "Brain Damage" e "Eclipse", enquanto uma pirâmide de luz começou a girar na frente do cenário, disparando um feixe de raios laser que percorreu várias vezes o estádio.

Durante o bis, Waters e seus músicos voltaram ao palco para tocar quatro clássicos da obra-prima "The Wall". Com a presença de um coro de adolescentes, o cantor apresentou "The Happiest Days of Our Lives", "Another Brick in the Wall", seguida pela comovente "Bring the Boys Back Home", em que imagens de guerras foram entreameadas por sons de explosões de várias partes do mundo. Mas foi a emocionante "Confortably Numb" que finalizou o show de três horas em meio a poderosas labaredas de fogo.

Foi dessa maneira que Roger Waters se despediu do público argentino, que já havia visitado em 2002, quando apresentou o DVD "In the Flesh". Naquela ocasião, o músico britânico ofereceu um espetáculo que se mostrou curto e pobre de recursos diante das complexas estruturas produzidas pelo designer Mark Fisher para o show
desse ano.

Waters seguirá para o Brasil, onde se apresentará em São Paulo no dia 24 de março, e no Rio de Janeiro no dia 23, para finalizar a sua turnê pela América Latina, antes de continuar a viajar pela Europa.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u69467.shtml

Comente

Melhor visualizado com Mozilla Firefox > 1.0 ou I.E > 6.0 em 800x600.
RockInSampa.com.br - Todos os direitos reservados. A RockInSampa é uma publicação da Editora e Produtora Virtual.