São Paulo, 19 de Março de 2019.

"Dinheiro é uma coisa muito útil de se ter. Na verdade, quanto mais você ganha, menos parece que você toca." (Charlie Watts, Rolling Stones)
lll Agenda de Shows
lll Agenda de Shows Cover
lll Álbum de Fotos
lll Baladas Rock 'n Roll
lll Banda da Semana
lll Bandas
lll Bandas Independentes
lll Casas de Shows
lll Colaboradores
lll Colunas & Artigos
lll Direto da Redação
lll Discografia
lll Entrevistas
lll Fale Conosco
lll Lançamentos
lll Letras de músicas
lll Livros
lll MEU ROCK IN SAMPA
lll Meus Dados
lll Promoções
lll Rádios Rock de SP
lll Reviews CD's
lll Reviews Shows




ASSINE ROCK IN SAMPA




lll Login..............

Email:

Senha:



Ache e compre seu CD aqui:



:: Shows Review

Megadeth, 11/10/2005
Por: Renato "Palmito" Togawa

Um lotado Credicard Hall recebeu o guitarrista e vocalista Dave Mustaine, e seu renovado Megadeth. Nessa turnê, ele está acompanhado de Glen Drover (guitarra), Shawn Drover (bateria) e James MacDonough (baixo). Mas antes dos norte-americanos entrarem em ação, os finlandeses do Apocalyptica fizeram muito bem o papel de banda de abertura, agitando o público de aproximadamente 6 mil pessoas, e deixando expectativas para o show principal.
Surpreendente. Classifico assim a apresentação do Apocalyptica, o trio de violoncelistas Eicca Toppinen, Paavo Lotjonen e Perttu Kivilaakso (acompanhado por mais um violoncelista e um baterista), que ficou famoso ao gravar um disco com releituras de grandes clássicos do Metallica (Play Metallica by Four Cellos). Minha grande dúvida, era se eles realmente tocariam tais músicas, pois Dave Mustaine tem uma longa e controversa história junto ao Metallica. Mas não foi o que aconteceu, e já na segunda música, ao executar os primeiros acordes de Master of Puppets, levou o Credicard Hall à loucura.
O Apocalyptica ainda tocou Seek & Destroy, e sua versão de Refuse/Resist, do Sepultura, além de mostrar suas composições próprias. Em 45 minutos de apresentação, a banda deixou o palco de uma maneira um tanto esquisita, e muitos se perguntando: “Já acabou?! Eles vão voltar?!”... Agora, cabia ao Megadeth a missão de manter a atenção que os finlandeses chamaram.
E não é que eles conseguiram?! Pontualmente às 23 horas, soa a introdução de Blackmail The Universe, música de abertura de seu mais recente disco, The System Has Failed. As músicas do novo disco foram muito bem recebidas, com grande parte do público cantando em coro. Após seis músicas, Dave Mustaine finalmente parou para conversar com os presentes. “Que bom que vocês vieram para esta noite. Faz muito tempo desde a última vez em que estivemos aqui. Vamos tentar tocar o máximo possível para vocês", disse.
Em duas horas de show, mostrou um repertório muito bem escolhido, agradando a todos. Os destaques são A Tout Le Monde, onde isqueiros foram levados ao alto e a grande maioria presente cantando; a instrumental Hangar 18, seguida por Return to The Hangar; Trust, com Mustaine tocando com uma guitarra de dois braços; a cover de Paranoid, do Black Sabbath; a clássica Peace Sells; e a indispensável Holy Wars... The Punishiment Due, não havendo melhor maneira de finalizar o show. 25 músicas que com certeza ficarão na memória dos fãs.
No show da Argentina, há alguns dias atrás, Dave Mustaine confirmou que o Megadeth não irá acabar tão cedo... Bom para os fãs, que com certeza aguardarão ansiosos ao próximo show em terras brasileiras.

TrackList:
Blackmail The Universe
Set The World Afire
Skin o' my Teeth
The Scorpion
Wake up Dead
In my Darkest Hour
Die Dead Enough
She Wolf
Reckoning Day
A Tout Le Monde
Angry Again
Hook in Mouth
Something I'm Not
Hangar 18
Return to Hangar
Of Mice And Men
Tornado of Souls
Trust
Train of Consequences
Kick The Chair
Symphony of Destruction
Sweating Bullets
Paranoid
Peace Sells
Holy Wars… The Punishment Due
Silent Scorn

Data do Show: 11/10/2005
Valor do ingresso: de R$50,00 a R$200,00


Nenhuma postagem até o momento.

Registre-se e poste

Melhor visualizado com Mozilla Firefox > 1.0 ou I.E > 6.0 em 800x600.
RockInSampa.com.br - Todos os direitos reservados. A RockInSampa é uma publicação da Editora e Produtora Virtual.